quarta-feira, 19 de março de 2014

“Deus fez muito mais”


Cerca de oito mil pes­soas participaram da missa de encerramen­to do evento “Doe de Coração”, realizado entre os dias 7 e 9 de março, no Centro de Evangelização da Comuni­dade Canção Nova. A Sagrada Eucaristia foi presidida pelo arcebispo do Rio, Cardeal Orani João Tempesta, e concelebrada pelo monsenhor Jonas Abib, fundador da comunidade, e pe­los sacerdotes presentes.
“A Canção Nova ficou muito feliz em poder sediar o ‘Doe de Coração’. Isso faz com que nos unamos mais ainda. Um evento como esse faz com que os co­rações fiquem mais apertados, mais juntos, e nós queremos permanecer assim para que a Igreja de Jesus possa caminhar. Obrigado, Dom Orani, por ser tão amigo e paterno. Deus o abençoe”, disse monsenhor Jonas.
O “Doe de Coração” marcou a criação do Instituto para a Juventude (iJuventude) e arre­cadou fundos para saldar os úl­timos investimentos da Jornada Mundial da Juventude Rio2013. Durante o evento, que foi pioneiro na transmissão simul­tânea pelas emissoras de TV e rádios católicas do Brasil, foram exibidos vídeos com os melhores momentos da Jornada.
Aconteceram momentos de adoração ao Santíssimo Sacra­mento, celebrações de missas, momentos marianos, pregações, palestras e testemunhos. O evento contou com a participa­ção de vários artistas católicos, sacerdotes, religiosos e leigos.
Na missa, o cardeal agradeceu a todos que ajudaram na reali­zação do evento pelo trabalho realizado de forma integrada e em unidade com várias emissoras de TV e rádio, e de forma simul­tânea pelas mídias sociais. E pela generosidade e solidariedade das pessoas que contribuíram.
“Agradeço a Deus pelos mo­mentos que vivemos no “Doe de Coração”. Agradeço também ao monsenhor Jonas por concele­brar esta missa, por toda a sua acolhida e equipe. E, de forma especial, ao padre Reginaldo Manzotti, que foi o animador nos três dias de incansáveis trabalhos. Agradecemos o em­penho de todos. Deus fez muito mais do que pedimos”, disse o cardeal.
Os débitos da JMJ Rio2013 foram causados porque era esperado um maior número de inscritos pagantes e em função da mudança do local dos eventos finais da JMJ, de Santa Cruz para Copacabana, por causa da chuva.
“Vimos nesses dias um dos frutos da Jornada que foi essa unidade de todos os cantores, congregações e novas comu­nidades se apresentando aqui, dando testemunho e trazendo à tona o que vivenciaram na JMJ. As emissoras unidas levaram ao Brasil todo o espírito da Jorna­da. Pudemos ver a beleza dessa comunhão que nos uniu e nos une sempre. Que essa unidade pelos ideais da evangelização continue”, afirmou o cardeal.

AS DOAÇÕES DEVEM CONTINUAR
Até o fechamento desta edi­ção, foram arrecadados quase R$ 600 mil, em 10 mil ligações e 5 mil transferências e depósi­tos. Os números de telefones para doações 3003-1290 e 0 (xx) 21 2199-0888 continuarão funcio­nando até o final do mês de março.
As contribuições também podem ser feitas pelo site www. ijuventude.org, por cartão de crédito ou pelo depósito identi­ficado no Banco Bradesco (237) agência: 0814 / conta corrente: 8080-2, titular: Instituto Jorna­da Mundial da Juventude Rio de Janeiro, CNPJ 14192317/0001-81.
“O evento foi um sucesso, por todo o apoio que recebemos das pessoas. Estamos muito agrade­cidos. A campanha só começou; as doações devem continuar”, incentivou o coordenador do evento, Benjamin Paz.

IJUVENTUDE
No final do evento, foi apre­sentada a logo escolhida para o Instituto para a Juventude. O vencedor do concurso, que aconteceu nos meses de janeiro e fevereiro, foi Diego Marques Siqueira, de 25 anos, morador da cidade de Maracanaú, no Ceará.
O “iJuventude” vai trabalhar na promoção, recuperação e inclusão do jovem na socieda­de através da evangelização. O trabalho será em parceria com o Setor Juventude da arquidiocese, que congrega todas as expres­sões jovens dentro da Igreja no Rio de Janeiro.

CLÁUDIA BRITO DE ALBUQUERQUE E SÁ E NATHÁLIA CARDOSO
claudiabrito@testemunhodefe.com.br
nathalia@testemunhodefe.com.br

COLABORAÇÃO: FABÍOLA GOULART


FOTOS: GUILHERME SILVA