segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Exultantes de alegria

Celebrando a Solenidade da Apresentação do Senhor, a Paró­quia Nossa Senhora da Piedade, em Piedade, rendeu graças a Deus pelos 70 anos de fundação da Congregação Mariana Nossa Senhora Auxiliadora e São João Bosco, no dia 3 de fevereiro.
Uma missa em ação de graças, que reuniu todos os membros da congregação, foi presidida pelo bispo auxiliar da Arquidiocese do Rio Dom Roque Costa Souza, que durante alguns anos desem­penhou a função de assistente eclesiástico da Federação das Congregações Marianas do Rio.
No início da celebração, foi feita a leitura de uma mensa­gem enviada pelo arcebispo do Rio, Dom Orani João Tempesta, parabenizando pelo trabalho desenvolvido pelo grupo da Congregação Mariana durante os anos de evangelização.
O pároco da comunidade, padre Rafael José da Silva Xa­vier, concelebrou a Santa Missa, acompanhado por outros clérigos presentes, todos congregados marianos.
Em sua homilia, Dom Roque falou sobre a mensagem do Evan­gelho do dia, na qual o cristão é chamado a ser luz para o mun­do. E ainda ressaltou o trabalho desenvolvido pela Congregação Mariana.
“Nesta solenidade, somos chamados a mergulhar no mis­tério de Cristo. Assim como fez a Congregação Mariana desta comunidade nos últimos 70 anos. Que possamos exultar de alegria por essa bela missão dos participantes”, disse.

NOVOS PARTICIPANTES
Após a homilia, Dom Roque conduziu a celebração de aco­lhida de novos membros para a Congregação Mariana. Cinco jo­vens aspirantes foram admitidos, e serão preparados para seguirem na missão. Em estágio de forma­ção, sete candidatos receberam a congregação temporária. No final, mais sete participantes fizeram sua consagração defini­tiva, reforçando seus votos com a congregação.
O bispo também abençoou todas as crianças que participam ativamente das atividades da congregação, conhecidas como marianinhos.
Ao término da celebração, os participantes da Congregação Mariana agradeceram a Dom Roque pela presença, e com um gesto de carinho entregaram ao bispo uma placa comemorativa.

REALIZANDO UM SONHO
A paroquiana Tânia Corrêa Mallet, que há dez anos parti­cipa da comunidade e a há oito anos caminha na congregação, foi umas das participantes que realizou sua consagração defi­nitiva durante a missa. Para ela, o novo compromisso foi uma renovação da fé e do amor por Nossa Senhora.
“Nessa celebração realizo o maior sonho da minha vida: ser consagrada a Nossa Senhora. Desde minha infância eu tinha esse desejo de seguir a mãe de Jesus. Peço a Maria à paz pelos povos, a união pelas frentes pastorais da Igreja e para que saibamos amar mais a Cristo, agradecidos por ter entregado sua vida para a redenção dos nossos pecados”, frisou.

IGOR MARQUES
igor@testemunhodefe.com.br

Foto: Divulgação