quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Fiéis veneram relíquias de São Pedro pela primeira vez

Pela primeira vez na his­tória, o Vaticano apresentou publicamente para a veneração as relíquias de São Pedro. Du­rante a missa de encerramento do Ano da Fé, após a leitura do Evangelho e a homilia, foi leva­do ao Papa Francisco o relicário que contém alguns fragmentos ósseos do apóstolo Pedro, ex­postos publicamente no dia 24 de novembro.
Antes da cerimônia, o reli­cário foi levado em procissão ao adro e deposto, fechado, no pedestal junto ao altar. No início da missa, foi aberto e enquadrado pelas câmeras de TV, sendo possível ao público ver os oito fragmentos através dos telões espalhados na pra­ça. Neste momento, o Papa se dirigiu ao altar e incensou as relíquias.
A pequena caixa em bronze de cerca de 30x10 cm tem a inscrição em latim Ex ossibus quae in Arcibasilicae Vaticanae hypogeo inventa Beati Petri Apostoli esse putantur (“Dos ossos vindos do hipogeu da Basílica do Vaticano, considera­dos do beato apóstolo Pedro”). Oferecida a Paulo VI em 1971, permanece desde então na ca­pela do apartamento papal do Palácio Apostólico do Vaticano.
As relíquias do apóstolo se encontram nas Grutas Vatica­nas, abaixo da Basílica de São Pedro, e são veneradas pelos Papas, os bispos que realizam as visitas quinquenais ad Limina e visitantes ilustres, além dos fiéis durante todo o ano.
RÁDIO VATICANO

Foto: Rádio Vaticano