quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Empossada nova diretoria do Conic-Rio


Na noite do dia 21 de outubro, tomou posse a nova diretoria do Conselho Nacional das Igrejas Cristãs, Regional Rio de Janeiro (CONIC-Rio). Para a direção do órgão foi eleita a pastora da Igreja Luterana Lusmarina Campos Garcia. A cerimônia aconteceu na Paróquia Nossa Senhora de Copacabana e Santa Rosa de Lima, em Copacabana, e foi presidida por Dom Nelson Francelino, que terminava o seu mandato como presidente. Contou ainda com a presença de membros convidados das Igrejas Episcopal Anglicana do Brasil e Presbiteriana Unida do Brasil. A nova diretoria foi eleita em 28 de setembro, na Assembleia Geral do Conic-Rio. A seção Rio de Janeiro do Conselho existe desde 2002 e já foi presidida por representantes de diferentes igrejas, mas nunca havia tido uma mulher como dirigente.
“Foi uma conquista importantíssima para as mulheres, na medida em que a Igreja e a sociedade avançam para a inclusão da diversidade. Espero que a presença no Conic-Rio possa ajudar as igrejas a se aproximarem, pois é assim que podemos vencer as intolerâncias e encontrar caminhos novos através do diálogo”, afirmou a nova presidente.
Junto com Luzmarina, tomaram posse também o reverendo Daniel Cabral, da Igreja Episcopal Anglicana do Brasil (vice-presidente), a professora Maria Tereza Cardoso, da Igreja Católica Apostólica Romana (tesoureira), o reverendo José Roberto Cavalcante, da Igreja Presbiteriana Unida do Brasil (1º secretário) e o padre Fábio Luiz de Souza, da Igreja Católica Apostólica Romana (2º secretário). Após as apresentações dos religiosos presentes, Dom Nelson conduziu a declaração de compromisso dos novos titulares. Ele também destacou a importância da união e o diálogo entre as igrejas cristãs.
“Durante muitos séculos as igrejas cristãs se definiram pelas diferenças. Hoje, entretanto, com a ajuda do sopro do Espírito Santo, que é o fundamento da unidade, percebemos que a relação entre as igrejas não deve se pautar pela intolerância e a rivalidade. Que sejamos iluminados pelo que nos aproxima, pela concórdia, pelo perdão. Nesse sentido que o Conic procura trabalhar, fazendo valer o mandamento de Jesus: que todos sejam um”, ressaltou o bispo auxiliar da Arquidiocese do Rio de Janeiro e pároco da Paróquia de Nossa Senhora de Copacabana. A escolha da igreja para sediar a cerimônia se deu pelo compromisso histórico da comunidade do bairro com o ecumenismo.
O Conic foi fundado no Brasil em 1982, na cidade de Porto Alegre (RS), como resultado de um longo processo de discussão e articulação entre as igrejas Católica Apostólica Romana, Evangélica de Confissão Luterana no Brasil, Episcopal Anglicana do Brasil e Metodista desde 1975, ainda sob a forte influência do Concílio Vaticano II e imbuídas das seguintes palavras de ordem: “unidas pelo amor de Deus, pela confissão de fé comum e pelo compromisso com a missão”.

Colaboração: Eduardo Martins
Foto: Cristina Gullo/Pascom