terça-feira, 25 de junho de 2013

Reconhecido segundo milagre por intercessão de João Paulo II


A comissão teológica da Con­gregação para a Causa dos San­tos aprovou o segundo milagre atribuído à intercessão de João Paulo II.
O reconhecimento abre ca­minho para a canonização do Papa polonês, porém, antes deve ser aprovado por uma comissão de cardeais e bispos e ter o decre­to assinado pelo Papa Francisco. Não foi informada a natureza deste segundo milagre.
O Cardeal Karol Wojtyla foi eleito Papa em 16 de outubro de 1988. No dia 22, celebrou a missa de início de pontificado.
Em 1º de maio de 2011, Bento XVI proclamou-o beato após a comprovação da cura – inexplicá­vel para a ciência – da irmã Marie Simon Pierre, que sofria do Mal de Parkinson.
A notícia da aprovação do segundo milagre já provocou reações em Cracóvia, onde o arcebispo Stanislau Dziwisz, ex-secretário de João Paulo II, afirmou que “Papa Francisco não colocará à prova a paciência dos poloneses”.
“Existe muita esperança de que a canonização ocorra no dia 20 de outubro”, disse ele, recor­dando que é a data em que se ce­lebra o 35º aniversário da eleição de Wojtyla. O arcebispo Dziwisz foi recebido recentemente pelo Papa Francisco no Vaticano.

RÁDIO VATICANO
FOTO: ARQUIVO