segunda-feira, 10 de junho de 2013

Instrumento vivo de Cristo

Os padres da Arquidiocese do Rio se uniram ao arcebispo Dom Orani João Tempesta, no dia 6 de junho, no Seminário São José, para celebrar a Jor­nada Mundial de Oração pela Santificação dos Sacerdotes. O encontro de formação, oração e partilha, que contou com a presença de bispos e sacerdotes, foi finalizado com uma Hora Santa e bênção do Santíssimo Sacramento.
“Busquemos no Sagrado Co­ração de Jesus a força necessária para vivermos dignamente o nosso ministério sacerdotal na santidade, permitindo que Cris­to aja em nós e em nossas atitu­des. Sejamos sacerdotes santos! Imitemos as virtudes do Santo Cura d´Ars. Imitemos muitos santos sacerdotes que gastam a sua vida pela santificação dos fiéis”, motivou Dom Orani.
O arcebispo emérito de Tere­sina (PI), Dom Celso José Pinto da Silva, ministrou a conferência sobre o Concílio Vaticano II – “Presbyterorum Ordinis”. “O sa­cerdote precisa ter consciência daquilo que ele é: instrumento vivo de Cristo. Aí ele encontra todas as motivações e também a força e a luz para realizar o seu ministério”, disse.
O reitor do seminário, padre Leandro Câmara, destacou que o encontro é uma oportunidade de renovação. “Aqui é a casa que nos gerou e formou. Esse encontro propor­ciona aos padres um retorno às origens, para que possamos nos nutrir e abastecer para continuar com alegria a caminhada de serviço à Igreja de Nos­so Senhor”, afirmou padre Leandro.
No dia seguinte, 7 de junho, o Dia Mun­dial de Oração pela Santificação dos Sa­cerdotes, celebrado na Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, foi comemorado em toda a arquidiocese.

CLÁUDIA BRITO DE ALBUQUERQUE E SÁ
FOTO: CARLOS MOIOLI