quarta-feira, 17 de abril de 2013

Salve santo mártir!



A Arquidiocese do Rio de Janeiro, unida a toda Igreja, celebra, no dia 23 de abril, a devoção ao santo mártir, São Jorge. No Brasil, o número de devotos é grande, e todos os anos seus festejos são gran­diosamente comemorados com celebrações eucarísticas, pro­cissões, alvorada e inúmeros eventos sociais.
Segundo o pároco da Igreja de Santa Rita, capelão do Cor­po de Bombeiros e orientador espiritual da Irmandade de São Jorge, padre Wagner To­ledo Moreira, o povo carioca recebeu a dádiva da devoção a São Jorge através da coloniza­ção portuguesa. Em Portugal, o rei Dom João I baixou o decreto no qual a imagem de São Jorge deveria estar pre­sente no cortejo de todas as procissões de Corpus Christi. São Jorge passou a ser patrono dos portugueses, e se manteve presente na devoção de tantos portugueses que imigraram para o Brasil.
“São Jorge desde muito cedo, viveu com sua mãe na região da Palestina. Recebeu o batismo e toda tradição da fé cristã. Ele se apaixonou profundamente pela pessoa de Jesus Cristo, se entregando totalmente a esse grande amor de sua vida, pela promessa do Reino dos Céus. Com isso, São Jorge não temeu enfrentar a própria morte, derramando seu sangue pela causa da sal­vação, confirmando a fé dos seus irmãos, para que não vol­tassem atrás na fé. Com muita tenacidade e heroísmo, São Jorge é um exemplo de que vale a pena se entregar e viver por Cristo”, disse padre Wagner.

Confira a programação das festas em homenagem ao padroeiro que acontecerão na Arquidiocese do Rio:
Santa Cruz
A Irmandade de São Jorge realizará na Capela São Jorge, em Santa Cruz, a festa de comemo­ração pelo dia de seu padroeiro. Nos dias 20, 21 e 22, às 19h, será o tríduo, e no dia 23, dia do padroei­ro, haverá missas às 6h, 7h30, 9h, 10h30, 12h, 13h30, 15h e 16h30. O bispo auxiliar Dom Nelson Francelino Ferreira presidirá a Eucaristia às 10h30, e o arcebispo do Rio, Dom Orani João Tempesta, presidirá a missa das 17h. Após a missa de 18h, os fiéis sairão em procissão pelas ruas do bairro. A capela fica no Largo do Bodegão, 435, em Santa Cruz. Informações: 3156-9298.
Quintino
A Paróquia São Jorge, em Quintino, comemorará o padro­eiro de 19 a 23 de abril. O tríduo será nos dias 19, 20 e 21, às 19h, e no dia 22 haverá a missa de véspera às 19h. No dia do padro­eiro serão celebradas missas às 5h, 7h, 9h, 10h, 11h, 12h, 13h, 14h, 15h, 17h e 18h. Neste mesmo dia, às 16h, os fiéis farão uma procissão pelo bairro em louvor a São Jorge. O endereço é Rua Clarimundo de Melo, 769. Infor­mações: 2996-0388.
Centro
A partir do dia 17 de abril, a Igreja São Gonçalo Garcia e São Jorge, no Centro, festejará seu padroeiro com uma programa­ção diversificada, que se esten­derá até o dia 28 do mesmo mês. Durante o tríduo, que começa dia 17 e termina dia 19, a Oração de São Jorge será recitada em três partes, com bênçãos específicas a cada dia: no primeiro dia será dada a bênção com a espada do santo mártir; no segundo, com a bandeira; e no terceiro, com o manto.
Dia 21 haverá missas às 9h, 10h e 11h30. E na véspera do dia em que se comemora São Jorge, será celebrada a missa de véspe­ra, às 18h, e outras duas missas: às 9h e 12h.
Dia 23 serão celebradas mis­sas de hora em hora: de 8h às 14h e às 15h, 16h, 18h e 20h. E no último dia de comemorações, 28 de abril, haverá missa campal, às 9h, seguida da procissão do santo mártir.
A igreja fica na Rua da Alfân­dega, 382, no Centro. Informa­ções: 2221-9661.

IGOR MARQUES
FOTO: DIVULGAÇÃO