terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Dom Orani celebra o Dia do Doente


BASÍLICA NOSSA SENHORA DE LOURDES
No Dia Mundial do Doente, 11 de fevereiro, o arcebispo Dom Orani Tempesta presidiu a missa solene das 10h, na Basílica Nossa Senhora de Lourdes, em Vila Isabel.
Completamente lotada de fiéis, o arcebispo encorajou os doentes e a todos os que sofrem a encontrar em Deus o consolo e a esperança, alimen­tando-se na escuta da Palavra de Deus, nos sacramentos e na oração acompanhada de oferecimento.
Na conclusão da celebração, o arcebispo caminhou pela igreja abençoando os fiéis com o Santíssimo, num momento de muita emoção e de fé.
HOSPITAL SÃO FRANCISCO
À tarde, nesse mesmo dia, Dom Orani também presidiu missa no Hospital São Francis­co, na Tijuca.
Depois da leitura do Evan­gelho, proclamado pelo coor­denador da Pastoral da Saúde, diácono Sérgio Catão, o arce­bispo destacou a importância da presença amorosa de Maria na vida dos cristãos. Recordou que o Dia Mundial do Doente foi instituído pelo beato João Paulo II no Dia de Nossa Senhora de Lourdes, cuja devoção atrai mi­lhares de fiéis a cada ano em seu santuário, na França, onde bus­cam a cura da alma e do corpo.
Fazendo eco à mensagem do Papa para a ocasião, Dom Orani lembrou a importância dos profissionais, dos religiosos e agentes pastorais que cuidam ou que estão ao lado dos que sofrem.
A celebração contou com a presença de doentes e seus familiares, médicos, enfer­meiros e funcionários d a instituição.
“O Hospital São Francisco é um hospital que pertence à Igreja, e como Igreja nós temos a missão de cuidar das pessoas debilitadas em sua saúde. A celebração nos recorda, nessas duas datas significativas, a reno­vação do compromisso de nossa missão e ainda a necessidade de voltar-se para Deus, entregando não só a saúde do nosso corpo, mas também a de nossa alma”, disse o responsável pelo Hos­pital São Francisco, frei Paulo Fernandes Batista.

CARLOS MOIOLI
FOTOS: CARLOS MOIOLI