sábado, 19 de janeiro de 2013

São Sebastião é exemplo de vida para os jovens


Neste Ano da Fé, que também é o Ano da Jornada Mundial da Juventude, o encontro de São Sebastião com os jovens durante a Trezena ajudou a revigorar sua fé e perseverança neste tempo de preparação.
“Eu creio que São Sebastião seja um exemplo para fazer com que os jovens tenham coragem de viver como cristãos, seguir a Deus, buscar a Cristo”, afirmou o arcebispo do Rio, Dom Orani João Tempesta, durante a Visita da imagem peregrina à Escola João Luiz Alves, instituto de internação para meninos da capital, que faz parte do Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase), na Ilha do Governador.
A peregrinação da imagem assume neste ano um significado novo. Seu exemplo de vida renova o ânimo ao jovem, para o qual, em 2013, o Ano da Juventude, assume um papel e responsabilidade ainda mais importantes. E São Sebastião foi aquele que assumiu Jesus Cristo e lutou até o fim por Ele. Desta forma, os jovens de hoje também são convidados a manterem-se firmes na fé.
“Quero convidar vocês a pensarem sobre isso: se São Sebastião e tantos outros jovens venceram as dificuldades e tentações, será que na minha vida também não poderia ser diferente? Que possamos ser discípulos de Cristo! Os santos não salvam, quem salva é Cristo. Os santos são exemplos para fazermos o mesmo hoje. Cada um de vocês pode ser discípulo de Jesus e segui-lo”, sugeriu Dom Orani.
Para Estefanie Anjo, que tem 17 anos e há quatro faz parte do grupo jovem da Paróquia São Sebastião, que fica na Ilha do Governador, nos tempos atuais há mais oportunidades do cristão testemunhar sua fé, do que no tempo do santo mártir. 
“Nós estamos num mundo mais moderno, no qual podemos testemunhar Deus de várias formas, como através de redes sociais e tudo o mais que hoje a tecnologia oferece”, ressaltou a jovem. “As pessoas pensam que estar com Deus é só rezar e rezar; que é monótono. Rezar, claro, é essencial, mas a gente se diverte demais também! É maravilhoso ser um jovem cristão católico”, exclamou.


SÃO SEBASTIÃO VAI AO ENCONTRO DO JOVEM QUE SOFRE

Os jovens privados de liberdade do Degase receberam com carinho a imagem peregrina. Na Escola João Luiz Alves, os jovens receberam o arcebispo do Rio e São Sebastião com palmas e, ao final, um coral formado pelos meninos se despediu da comitiva com a Oração de São Francisco.
“Esses meninos são tão carentes de carinho, de afeto. Então, Deus para eles tem um valor muito grande. Tanto que eles fizeram questão de estar aqui. Eles não eram obrigados a descer, mas até quem não era católico veio. Porque é Deus quem está aqui, é o Espírito Santo quem está agindo”, afirmou Marcus Vinícius Poubell, agente socioeducador e diretor da unidade.
No Centro de Socioeducação Professor Antônio Carlos Gomes da Costa, a unidade feminina do Degase, Dom Orani convidou as meninas a seguirem o exemplo da jovem Odetinha, que desde muito nova viveu a caridade e a partilha. “Odetinha é o exemplo de uma jovem que viveu uma vida de oração. Não tenham medo de seguir a Cristo”, disse.
Houve emoção também na visita da comitiva da Trezena ao Centro Socioeducacional Dom Bosco, onde ao som da música “Nossa Senhora”, de Roberto Carlos, foi lembrado de que existe uma mãe no céu que olha por eles.

TEXTO: NATHALIA CARDOSO
FOTO: GUSTAVO DE OLIVEIRA