segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Igreja do Rio ganha novos diáconos



Na solenidade da Imaculada Conceição de Nossa Senhora, 8 de dezembro, a Arquidiocese do Rio ganhou cinco novos diáconos.
Presidida pelo arcebispo Dom Orani João Tempesta, a ordenação diaconal foi celebrada na Catedral de São Sebastião, no Centro, e teve como lema: “Faça-se em mim segundo a tua palavra”.
Os novos diáconos são: Anderson Batista Monteiro, da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Pavuna); Henrique José da Rocha Coimbra, da Paróquia São Sebastião (Bento Ribeiro); Marcio Luiz da Costa, da Paróquia São José Operário (Ilha do Governador); Roberto Gomes Pereira, da Paróquia Nossa Senhora da Conceição Aparecida (Paciência), e Rodrigo Vieira da Silva, da Paróquia São Sebastião (Parada de Lucas). 
Durante a homilia, Dom Orani fez um paralelo entre a ordenação diaconal e a festa do dia. 
“Quando Maria diz o seu ‘sim’, nasce o novo homem, o novo Adão, e dele uma nova humanidade. Enquanto criatura, Maria é redimida. Enquanto mãe de Deus, ela é preservada no ato de sua concepção de toda a culpa original. Por isso, temos sempre essa necessidade de olharmos para Maria e fazermos o mesmo caminho, dizer o nosso ‘sim’”, disse o arcebispo aos novos diáconos, antes de discorrer sobre o serviço que eles assumem com ordenação: “Sabemos que a Igreja tem sua missão de anunciar a Palavra de Deus, proclamar a boa notícia às pessoas e celebrar a liturgia, mas faz parte integrante da missão da Igreja o serviço aos irmãos e irmãs. E os diáconos sempre tiveram essa responsabilidade de ser sinal de serviço, trabalhar junto aos necessitados, na construção da fraternidade”. 

TEXTO: PEDRO ZUAZO
FOTO: GUSTAVO DE OLIVEIRA