quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Dom Orani reza missa em presídio



O arcebispo do Rio, Dom Orani João Tempesta, celebrou uma missa em preparação para o Natal no presídio Gabriel Ferreira de Castilho (Bangu 3), dia 17 de dezembro. A celebração contou com a participação de cerca de 200 pessoas, entre detentos e funcionários da unidade prisional, além do secretário de Administração Penitenciária, coronel Cesar Rubens Monteiro de Carvalho.
Durante a homilia, o arcebispo destacou que todos devem buscar alegria em Jesus Cristo. 
“Quem se encontra com o Senhor tem alegria e paz interior em qualquer situação. Mesmo num lugar de privação de liberdade, as pessoas continuam com a dignidade humana, o dom da fé e a oportunidade de mudança de vida. Por isso, neste tempo de Natal devemos nos perguntar o que devemos fazer para ter um verdadeiro  encontro com Cristo”, exortou.
Após a missa, Dom Orani conheceu o Colégio Estadual João Evandro da Silva, situado dentro do presídio, onde os detentos estudam e desenvolvem habilidades artísticas. Ao ser presenteado com um quadro de Santa Paulina, o arcebispo se dirigiu novamente aos detentos.
“Nós tivemos muitos santos que ficaram presos por questões religiosas e viveram sozinhos, sem comunicação, mas felizes em Cristo. Deus enviou seu filho para estar conosco e preencher o coração humano com esperança, perdão e reconciliação”, disse.
Para o secretário coronel Cesar Rubens, a presença do arcebispo na penitenciária foi importante para  mostrar aos privados de liberdade que a Igreja não esqueceu deles.
“A Igreja é fundamental na transformação dessas pessoas, que deve vir de dentro para fora. Não há como se pensar que aquilo que é oferecido de fora, em âmbito material, vai mudar a realidade. Eles precisam de muito mais do que bens materiais, e a vinda da Igreja, na pessoa do arcebispo, renova a esperança que muitos deles têm”, disse.

TEXTO: PEDRO ZUAZO
FOTOS: GUSTAVO DE OLIVEIRA