quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Campanha para hospedagem mobiliza os cariocas



Um milhão e meio de locais de acolhida. Esta é a meta a ser alcançada para a Jornada Mundial da Juventude Rio2013. Para atingir esse número, a campanha institucional, que tem como slogan “O coração do mundo bate aqui”, terá um desdobramento voltado especificamente para a hospedagem da Jornada.
Envolvendo todos os setores da sociedade, como artistas, apresentadores, esportistas, entre outros, a mensagem da campanha mostrará diversas possibilidades de locais de acolhida. “Abra seu coração, sua casa”, “Abra seu coração, abra seu clube” são apenas alguns exemplos. Nomes como a apresentadora Ana Maria Braga, a atriz Christiane Torloni e os ginastas Diego e Daniele Hypólito apresentarão a campanha.
A divulgação nacional será realizada por meio de comercias nas principais emissoras de televisão, além de anúncios na mídia impressa, emissoras de rádio, outdoors e internet. Para compreender esta nova iniciativa, entrevistamos a diretora do Setor de Hospedagem da JMJ Rio2013, irmã Graça Maria.

Comunicação da JMJ – Qual o objetivo desta campanha institucional?
Irmã Graça Maria – Nós trabalhamos no primeiro semestre para a comunidade católica, ou seja, a campanha foi toda voltada para o público interno. Agora, começaremos a atingir a sociedade; queremos mobilizar todo o povo carioca para abrir suas casas ao acolhimento. Por isso, utilizaremos artistas que podem nos ajudar a mobilizar a sociedade, dando sua credibilidade à campanha e a hospedagem da Jornada. Nosso objetivo é envolver toda a população, através do meio artístico e desportivo, de forma que atinja a sociedade em todas as suas dimensões. 

JMJ – Por que utilizar artistas nesta campanha?
Irmã Graça Maria – Porque os artistas podem, com a sua fama, dar credibilidade ao trabalho que está sendo feito com a relação à hospedagem e à Jornada Mundial da Juventude. Por exemplo, quando a Elba Ramalho publica na coluna de “O Globo” que quer acolher, que vai acolher. Isso dá credibilidade e seriedade muito grande ao trabalho que está sendo feito. É um grande fator que ajuda a envolver a população, por meio da mídia, dos artistas e cantores.

JMJ – Quais são os públicos que se pretende atingir?
Irmã Graça Maria – A sociedade de um modo em geral, a população carioca, independentemente de ser católico ou não. Pretende-se atingir todas as camadas da sociedade, por meio dos artistas. Quando um artista, apresentador de TV ou desportista, que tem certa credibilidade na mídia, fala sobre algo é porque ele confia naquilo. Então, o fato de nós utilizarmos estes artistas é porque queremos mostrar para a sociedade que essa campanha tem credibilidade.

JMJ – Existe alguma meta almejada?
Irmã Graça Maria – Não necessariamente com a campanha. Existe uma meta para atingir na Jornada que é de um milhão e meio de vagas de alojamento. Nós trabalhamos a campanha como um todo. A primeira parte já foi finalizada. Agora, estamos na segunda. Essa campanha é mais um instrumento para atingir a nossa meta.


TEXTO: COMUNICAÇÃO JMJ
FOTO: NANÁ MORAES