quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Orar pela ressurreição no Dia de Finados


No Dia de Finados deste ano, 2 de novembro, serão celebradas missas em diversos cemitérios da Arquidiocese do Rio. Neste dia, os ministros da Consolação e Esperança vão realizar um trabalho de evangelização, levando conforto para as famílias enlutadas. “Levamos para as pessoas a consciência sobre a importância de rezar pela ressurreição”, afirmou a coordenadora arquidiocesana do Ministério da Consolação e Esperança, Marilda Roriz. 
Segundo ela, existem mais de mil ministros presentes em todos os vicariatos da diocese, e que realizam esse trabalho solidário nos 19 cemitérios da arquidiocese. “A preparação anual de novos ministros é realizada em maio, durante os quatro sábados, na Catedral de São Sebastião do Rio, ministrada pelo assistente eclesiástico do Ministério da Consolação e Esperança, padre Pedro Paulo.
“Aqueles que quiserem se unir a nós para ser a presença da Igreja Católica nos cemitérios podem nos procurar. A necessidade é muito grande e é preciso levar o consolo aqueles que sofrem com o falecimento de entes queridos. Informações: (21) 3396-3826.


Indulgência

Diariamente, no período de 1º a 8 de novembro, aos que visitarem algum cemitério e rezarem, mesmo que só mentalmente, pelos defuntos, concede-se uma Indulgência Plenária, só aplicável às almas dos fiéis defuntos.
Para tanto, são exigidas as seguintes condições: visita a um cemitério, rezar pelos falecidos, oração pelo Papa, confissão e participação na celebração eucarística.
A indulgência é o cancelamento das penas devidas pelos pecados cometidos e que já foram perdoados na confissão. Quando se comete um pecado grave, há duas consequências: a culpa e a pena. A culpa é aquela ofensa que se faz a Deus e a confissão perdoa. No entanto, ainda fica a chamada ‘pena temporal’, que é o estrago causado pelo pecado na sua própria alma. Essa pena é cumprida aqui na Terra com orações e penitências ou no purgatório, se a pessoa morrer com elas. A indulgência retira essas penas das almas do purgatório: é o chamado sufrágio da alma.

FONTE: DIRETÓRIO DA LITURGIA DA CNBB E CANÇÃO NOVA


Missas nos cemitérios

Cripta da Catedral - O bispo emérito Dom Karl Josef Romer presidirá a Sagrada Eucaristia, às 10h, no subsolo da Catedral de São Sebastião.

Cacuia (Ilha do Governador) - A missa das 9h30 será presidida pelo bispo auxiliar Dom Roque Costa Souza. Haverá missas às 8h, 11h, 14h e 15h30 e 17h.

Campo Grande - Missas às 7h, 8h30, 10h, 11h30, 13h, 14h30 e 17h. A missa das 16h será presidida pelo bispo auxiliar Dom Roque Costa Souza.

Catumbi - O bispo auxiliar Dom Luiz Henrique vai presidir a missa das 16h. Serão celebradas missas às 8h, 9h, 10h, 11h, 14h e 15h.

Irajá - Serão celebradas missas de hora em hora, das 8h às 17h. A Eucaristia das 10h será presidida pelo bispo auxiliar Dom Paulo Cezar Costa.

Inhaúma - Missas de hora em hora, das 8h às 12h, e das 14h às 17h. A Eucaristia das 10h será presidida pelo bispo auxiliar Dom Pedro Cunha.

Jardim da Saudade (Paciência) - A missa terá início às 9h.

Jardim da Saudade (Sulacap) - Serão celebradas missas às 9h e 15h.

São Francisco Xavier (Caju) - Missas de hora em hora, entre 8h e 17h. O arcebispo do Rio, Dom Orani João Tempesta, vai presidir a missa das 8h, e o bispo auxiliar Dom Assis Lopes presidirá a missa das 10h.

Ordem Terceira do Carmo - Haverá missa às 10h, presidida por Dom Orani.

Ordem Terceira da Penitência - A missa das 9h será presidida pelo vigário episcopal para a Vida consagrada, Dom Roberto Lopes.

Pechincha (Jacarepaguá) - O bispo auxiliar Dom Edson de Castro Homem vai presidir a missa das 10h30. Acontecerão missas às 8h, 9h, 12h, 14h, 15h e 16h.

Piabas (Vargem Grande) - Haverá missa às 10h.

Realengo - O bispo da Diocese de Nova Friburgo, Dom Edney Gouvêa Mattoso, vai presidir a missa das 16h.

Ricardo de Albuquerque - Missas de hora em hora, das 8h às 16h.

Santa Cruz - O bispo auxiliar Dom Nelson Francelino Ferreira vai presidir a missa das 10h e o arcebispo Dom Orani a das 16h. Acontecerão missas às 9h, 11h e 14h.

São João Batista - Missas de hora em hora, entre 8h e 17h.


CLÁUDIA BRITO
COLABORAÇÃO: MARCYLENE CAPPER